Terça-feira, 07 de fevereiro de 2023

Astro de Friends, Matthew Perry, se emociona ao relembrar situação de quase morte: ‘2% de chance de sobreviver’

O astro de “Friends“, Mathew Perry, se emocionou ao relembrar de uma situação de quase morte quando estava lutando contra o abuso

Postado em: 25-10-2022 às 16h13
Por: Victória Vieira
Aos 53 anos e vivendo sóbrio, Perry relatou que sofreu uma perfuração gastrointestinal e isso o deixou entre a vida e a morte em 2018 | Foto: Reprodução/Frederick M. Brown/Getty Images

O astro de “Friends“, Mathew Perry, se emocionou ao relembrar de uma situação de quase morte quando estava lutando contra o abuso de drogas. O intérprete do personagem Chandler Bing concedeu uma entrevista à Diane Sawyer, prevista para ir ao ar nesta sexta-feira (28/10).

No bate-papo o ator abriu o jogo sobre os momentos mais sombrios de sua vida e ainda fez uma grande revelação a respeito de um suposto confronto que recebeu de um colega de elenco. Em novembro ele lançará uma autobiografia intitulada de “Lovers and the Big Terrible Thing“, pronunciando a verdadeira realidade dos altos e baixos enfrentados nos bastidores de sua luta contra o uso de substâncias tóxicas.

Aos 53 anos e vivendo sóbrio, Perry relatou que sofreu uma perfuração gastrointestinal e isso o deixou entre a vida e a morte em 2018. A doença o atingiu devido o uso excessivo de drogas ao longo dos anos.

Continua após a publicidade

“Os médicos disseram que eu tinha 2% de chance de sobreviver. Eu fui colocado em uma coisa chamada máquina de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), que faz toda sua respiração pelo seu coração e pulmões. Ninguém sobrevive a isso”, relembrou o ator que passou duas semanas em coma e cinco meses no hospital.

Ele ainda informa que por dia, consumia 55 comprimidos para tratar de dores fortes. “Eu não sabia como parar. Se a polícia chegasse na minha e disse: ‘Se você beber hoje à noite, vamos levá-lo para a cadeia’, eu começaria a fazer as malas. Não podia parar porque a doença e o vício são progressivos, fica cada vez pior à medida que envelhecemos”, desabafou.

Mathew explicou que quando tinha 24 anos, época em que foi escalado para o elenco de “Friends”, ele havia acabado de se viciar no álcool. No entanto, não enxergou que o quadro poderia progredir e por isso acreditou que conseguiria lidar com todos os vícios. Dentre 10 temporadas, o ator ficou sóbrio em apenas uma, isto é, a penúltima do seriado.

“Eu poderia ter lidado com isso. Mas, quando eu tinha 34 anos, eu estava realmente amontoado de muitos problemas. A 9ª temporada foi o ano em que fiquei sóbrio o tempo todo. E advinha em qual temporada fui indicada [ao Emmy] para melhor ator? Eu fiquei tipo, ‘Isso deve me dizer alguma coisa'”, disse.

Ainda detalhando momentos, a celebridade fez uma revelação sobre um confronto que viveu contra um colega de trabalho. Segundo ele, Jennifer Aniston foi uma figura de extrema importância para sua sobriedade, pois o encarou e afirmou que todos estavam sabendo sobre os seus vícios.

“Na época, eu deveria ter sido o destaque da cidade. Eu estava em uma sala escura, me encontrando apenas com traficantes de drogas, e completamente sozinho”, confessou. “Imagine o quão assustador foi esse momento. Ela foi a pessoa que mais estendeu a mão. Sou muito grato a ela por isso,” contou.

Veja Também