Duelo dos “desinteressados”

Praticamente sem ambições na Série B, Goiás e Paysandu se enfrentam no Estádio Mangueirão, em Belém

Postado em: 22-10-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Praticamente sem ambições na Série B, Goiás e Paysandu se enfrentam no Estádio Mangueirão, em Belém

O discurso pode ser diferente, mas a verdade é que Goiás e Paysandu têm pouco o que fazer neste Campeonato Brasileiro da Série B. Já com chances mínimas de rebaixamento e com as probabilidades de acesso virtualmente impossíveis, as duas equipes se enfrentam neste sábado (22), às 17 horas, no Estádio Mangueirão, em Belém, em duelo válido pela 32ª rodada da competição.
Com 40 pontos, o alviverde ocupa 13º lugar na tabela de classificação, uma posição acima e somando um a mais que o adversário desta tarde, que é 14º com 39. O Bragantino, que é 17º e abre a zona de rebaixamento, tem apenas 30 e não representa risco real para as equipes goiana e paraense.
Para o confronto com o Papão, o técnico Gilson Kleina promove cinco mudanças na equipe em relação àquela que foi derrotada no clássico diante do Vila Nova, por 2 a 1. Todo o sistema defensivo foi renovado e o alviverde tem novas duplas de zaga e também nas laterais.
Na direita, por opção técnica, Sueliton dá lugar a Ednei. Será a primeira partida do jogador entre os titulares desde que se recuperou de lesão na panturrilha. Nas duas últimas partidas ele foi relacionado e ficou no banco de reservas, mas não foi aproveitado pelo treinador.
Já na esquerda, Juninho é desfalque por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Kleina opta então por escalar o jovem Felipe Saturnino no setor. Outro garoto, Jefferson, campeão do Quadrangular de Seleções com o time Sub-20 do Brasil, na última segunda-feira, sofreu lesão durante a semana e não foi relacionado.
Na defesa, dúvidas. Felipe Macedo, com dores musculares, sequer embarcou com a delegação. Alex Alves, que era dúvida durante a semana, foi convocado, mas ainda não tem presença confirmada na escalação. Wesley Matos entra no setor e, caso Alex não reúna condições, Anderson Salles e David Duarte brigam pela outra vaga.
Por fim, no meio-campo, Léo Lima perde espaço para a entrada do atacante Walter. Recuperado de lesão no ligamento colateral medial, o jogador entrou no decorrer do clássico com o Vila, no último final de semana e marcou o único gol esmeraldino na partida. Agora, ele retoma a condição de titular.
Gilson Kleina, expulso diante do Vila Nova, não fica no banco de reservas e será substituído pelo auxiliar-técnico Juninho.

Mistério
Como de costume nas últimas rodadas, o técnico do Paysandu, Dado Cavalcanti, não quer dar pistas aos adversários de como irá montar a equipe. O treinador mantém o suspense antes do confronto com o Goiás e alerta quanto à qualidade do time alviverde.
“Não é qualquer jogo, independente de quais sejam as condições que o Goiás está vindo, perdeu um clássico, o treinador expulso. É um adversário que não se intimida, que joga bem fora de casa e tem jogadores de nível Série A. Fazem sete jogos que eu não solto a escalação antes do jogo. Dessa vez não vai ser diferente. Só momentos antes da partida”, disse.

Ficha Técnica:
Jogo:
Paysandu x Goiás
Local: Estádio Mangueirão, às 17 horas, em Belém (PA). Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES). Assistentes: Vanderson Antônio Zanotti (ES) e Ramires Santos Candido (ES)

Continua após a publicidade

Paysandu: Emerson; Fernando Lombardi, Gilvan e Gualberto; João Lucas, Rodrigo Andrade, Tiago Luís, Jhonnatan, Edson Ratinho; Jobinho e Leandro Cearense
Técnico: Dado Cavalcanti

Goiás: Márcio; Ednei, Alex Alves (Anderson Salles ou David Duarte), Wesley Matos e Felipe Saturnino; Adriano, David e Léo Sena; Rossi, Léo Gamalho e Walter
Técnico: Juninho

Veja Também