Com interesse de outras equipes, Éder vai discutir renovação após a Série A

Postado em: 08-09-2021 às 18h17
Por: Felipe André
Com 78 jogos disputados, zagueiro demonstrou interesse em renovar, mas quer esperar o término da Série A | Foto: Bruno Corsino/ACG

Com 78 jogos em duas temporadas, o zagueiro Éder tem vínculo com o Atlético Goianiense até o início de fevereiro de 2022, mas ainda não sabe se vai permanecer. Titular desde o início da Série A da temporada passada, quando Vagner Mancini promoveu a mudança no sistema defensivo e o colocou ao lado de João Victor, atualmente no Corinthians, o defensor se tornou um pilar no clube rubro-negro.

As boas atuações de Éder com a camisa do Atlético Goianiense vem atraindo o interesse de diversas equipes. O zagueiro teve ofertas em 2020, que foi negada pelo clube, na atual temporada não foi diferente e as ofertas quase tiraram o defensor algumas semanas atrás, mas o mesmo decidiu ao menos permanecer até o fim da atual temporada, deixando para após a 38ª rodada da Série A uma discussão com a diretoria atleticana para definir se renova ou não.

“Já disse em algumas entrevistas, que tem o interesse de ambas as partes (para renovar), tanto minha quanto do Atlético-GO e também interesse de outras equipes. Eu sentei frente a frente com o Adson Batista (presidente do clube), foi uma conversa bem clara e a nossa ideia é sentar após acabar a Série A para resolver essa questão. Eu não quero que minha cabeça esteja envolvida em outra situação, que não seja o campeonato, pois é um contrato agora que pode dar uma estabilidade para a minha vida financeira e profissional”, disse o zagueiro Éder.

Na atual temporada, foram 36 jogos e dois gols marcados, os primeiros com a camisa atleticana. O defensor chegou no início de 2020 após um acordo com o Athletico Paranaense, que resultou na rescisão de contrato com o time paranaense, que manteve um percentual no passe do jogador. Capitão em diversas oportunidades, Éder demonstrou carinho pelo time goiano e projetou um segundo turno ainda melhor que o primeiro.

“Quero tomar a melhor decisão com calma, o Adson sabe que eu quero renovar, ele também quer a renovação e sabe do interesse de outros times. Ele concordou em conversar após o término do torneio. O que for chegando durante a Série A, vamos colocar na mesa, mas não terá nenhuma decisão tomada. Acho que podemos fazer um segundo turno bem melhor que o primeiro, por mais que já tenha sido bom, mas temos margem para crescer, evoluir e fazer mais pontos. Não quero que essas coisas externas interfiram no meu futebol e no da equipe. Isso fica para o final do ano e que se resolva da melhor maneira possível”, completou Éder.

O segundo turno do Atlético Goianiense inicia neste domingo (12). Após não ter enfrentado o Flamengo no último final de semana, já que o jogo foi adiado, o rubro-negro recebe o Corinthians, às 18h15 (horário de Brasília), no estádio Antônio Accioly.

Compartilhe: