Adson Batista elogia Eduardo Barroca e lamenta “decisão difícil” na saída do treinador

Após o empate sem gols diante do Cuiabá, neste último domingo (26/9) o presidente do Atlético Goianiense, Adson Batista não garantia a

Postado em: 27-09-2021 às 18h50
Por: Felipe André
Presidente elogiou Eduardo Barroca como um "grande profissional e ser humano", mas que deixa o comando do Atlético Goianiense | Foto: Bruno Corsino/ACG

Após o empate sem gols diante do Cuiabá, neste último domingo (26/9) o presidente do Atlético Goianiense, Adson Batista não garantia a permanência de Eduardo Barroca no comando da equipe. Um dia depois, o clube comunicou oficialmente a saída, em comum acordo, do treinador que encerrou sua segunda passagem pelo rubro-negro, já que a primeira havia sido em 2019, no acesso para a primeira divisão.

Nas redes sociais, Adson Batista lamentou a saída do treinador, que ele considera um “grande profissional e ser humano”. A falta de vitórias como mandante, além de decisões contestadas em relação ao time titular culminou na saída do profissional de 39 anos.

“Após reunião com Eduardo Barroca, chegamos, em comum acordo, a decisão pela saída do treinador. Acompanhamos no clube um ótimo trabalho de campo com grande aceitação do elenco. Entretanto, entendemos que o melhor seria a saída para que possamos buscar nova filosofia no campeonato. Esta foi uma das decisões mais difíceis que tomei na minha carreira por se tratar de um grande profissional e ser humano. O Atlético segue o trabalho com a comissão técnica permanente do clube. Agradecemos ao Eduardo Barroca pelos cinco meses de trabalho!”, disse Adson Batista em suas redes sociais.

Continua após a publicidade

O elenco do Atlético Goianiense se reapresenta nesta terça-feira (28/9) pela manhã, no CT do Dragão. Ainda sem treinador, a comissão permanente volta a comandar o grupo, sendo liderados por Eduardo Souza e João Paulo Sanches. O próximo duelo será neste sábado (2/10), contra o Fortaleza, na Arena Castelão-CE, às 17h.

Veja Também