Após cinco jogos sem vencer, Atlético-GO visita o Fortaleza com treinador interino

Na abertura da 23ª rodada, o Atlético Goianiense visita o Fortaleza neste sábado (2/10), às 17h (horário de Brasília), na Arena Castelão-CE,

Postado em: 02-10-2021 às 07h00
Por: Felipe André
Sob o comando de Eduardo Souza nesta Série A, o Atlético-GO venceu o Santos fora de casa e espera repetir o resultado neste sábado | Foto: Bruno Corsino/ACG

Na abertura da 23ª rodada, o Atlético Goianiense visita o Fortaleza neste sábado (2/10), às 17h (horário de Brasília), na Arena Castelão-CE, que vai contar com a presença da torcida. O rubro-negro que não sabe o que é vencer já tem cinco jogos, está atualmente na 12ª colocação, com 27 pontos conquistados, enquanto o Tricolor da Pici, está em terceiro, com 36. No primeiro turno, jogando em Goiânia, ambos ficaram no empate sem gols.

“Vamos dar continuidade no que foi feito diante do Cuiabá, mas não em relação ao resultado, principalmente no que diz respeito ao primeiro tempo daquele jogo. Apresentamos uma melhora, criamos algumas situações e eu vi mostras ofensivas do que estávamos fazendo na primeira metade do campeonato. Em relação a entrega não tem o que falar deste grupo, que é muito trabalhador, sabemos que em alguns momentos as coisas não acontecem, principalmente em relação a resultados nestas últimas nove rodadas, mas espero um volume ofensivo e ter a sustentação defensiva que mostramos no campeonato”, analisou Eduardo Souza antes do jogo.

O Atlético Goianiense volta a contar com a comissão técnica. Após a demissão de Eduardo Barroca, o time será comandado por Eduardo Souza, que está no clube desde 2019, e teve uma saída de poucas semanas neste ano, e que desde então vem comandando o clube nestas situações esporádicas durante a troca de treinadores. 

Continua após a publicidade

Eduardo Souza comandou o Atlético-GO em apenas um jogo nesta Série A, quando venceu o Santos jogando na Vila Belmiro. O treinador interino estará ao lado de João Paulo Sanches, também auxiliar técnico da comissão permanente e que também já comandou o rubro-negro goiano em outras ocasiões. Nesta temporada, Sanches esteve a frente do time em sete oportunidades durante o Campeonato Goiano e venceu em todas as oportunidades.

Diferentemente das últimas três rodadas, o Atlético Goianiense não terá nenhum desfalque por questão contratual ou suspensão. As únicas ausências são dos atletas que estão no departamento médico, que são os casos de Marlon Freitas e Toró, mas ambos estão na transição e podem reforçar o elenco nas próximas semanas.

Retornando de suspensão, Willian Maranhão tem briga acirrada no meio-campo. Sem atuar diante do Cuiabá, o volante viu Matheus Barbosa ser elogiado como dupla de Gabriel Baralhas. Apesar disso, Eduardo Souza se esquivou ao ser questionado quem começaria jogando e se limitou a dizer que dois, entre esses três, estarão entre os titulares. Nos outros setores da equipe, Oliveira segue disputando posição com Wanderson, que falhou nos últimos jogos e pode ficar no banco de reservas. A dúvida também permanece no ataque, se Ronald será mantido ou se Janderson vai recuperar a posição.

Fortaleza

Para o duelo que vai abrir a rodada no Campeonato Brasileiro, a torcida está liberada na Arena Castelão. Estão autorizados a comparecer 10% da capacidade, ou seja, cerca de 6.200 torcedores podem adquirir ingressos. Neste confronto, o treinador argentino Juan Pablo Vojvoda volta a contar com o atacante David, que cumpriu suspensão na última rodada, apesar disso, o meia-atacante Lucas Crispim recebeu o terceiro amarelo e não está à disposição, com Bruno Melo provavelmente ocupando o seu lugar.

FICHA TÉCNICA

Fortaleza-CE x Atlético-GO

Data: 2 de outubro, 2021

Horário: 17h (de Brasília)

Local: Arena Castelão, em Fortaleza-CE

Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)

Assistentes: Cipriano da Silva Sousa (TO) e Fernando Gomes da Silva (TO)

VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Benevenuto, Titi; Yago Pikachu, Felipe, Ederson, Lucas Lima, Bruno Melo; David e Robson. Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Atlético-GO: Fernando Miguel; Dudu, Oliveira (Wanderson), Éder e Natanael; Matheus Barbosa (Willian Maranhão), Gabriel Baralhas e João Paulo; Ronald (Janderson), André Luis e Zé Roberto. Técnico: Eduardo Souza

Veja Também