Conmebol confirma Barões da Pisadinha para final da Sul-Americana

O grupo Barões da Pisadinha foi confirmado pela Conmebol para realizar o show que antecede a grande final da Copa Sul-Americana de 2021.

Postado em: 18-11-2021 às 08h00
Por: Maria Paula Borges
Os Barões da Pisadinha serão atração na final da Sul-Americana, no sábado (20) | Foto: Divulgação

O grupo Barões da Pisadinha foi confirmado pela Conmebol para realizar o show que antecede a grande final da Copa Sul-Americana de 2021, entre Athletico Paranaense e Red Bull Bragantino, que acontece neste sábado (20), no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

É um costume da Conmebol em dar grandes shows nas vésperas de seus eventos de elite. Este ano, a confederação prepara uma grande encenação, com um grupo que ganhou enorme popularidade e destaque no Brasil. A presença do grupo junta ritmo, cor e festa em uma final com alto percentual de fãs do futebol nas arquibancadas.

Os Barões da Pisadinha são referência no forró, gênero musical de dança em pares, com raízes no Nordeste brasileiro, dando origem à “pisadinha”. O grupo é formado pela dupla de irmãos Rodrigo Barão, o vocalista, e Felipe Barão, o tecladista, e surgiu em 2015, na cidade de Heliópolis, no interior da Bahia. Antes de ganhar popularidade nacional, conquistou o Nordeste com a pisadinha. 

Continua após a publicidade

O grupo emplacou nas paradas musicais com sucessos como “Recairei”, “Já Que Me Ensinou a Beber”, “Basta Você Me Ligar” e “Tá Rocheda”, fazendo com que explodissem no Brasil inteiro. No momento, a dupla se prepara para conquistar o resto da América do Sul ao som e dança de seus maiores sucessos na final da segunda competição mais importante do continente. 

Para a partida que decidirá o novo campeão da Copa Sul-Americana, o governo uruguaio decidiu liberar 100% da capacidade de público do Estádio Centenário, que comporta até 60 mil torcedores. As equipes, que entraram em campo pelo Campeonato Brasileiro, na terça-feira (16), já estão em solo uruguaio e devem começar seus preparativos para a grande final já nesta quinta (18). 

Campeão em 2018, quando derrotou o Junior Barranquilla, da Colômbia, o Furacão busca o bicampeonato, algo inédito entre clubes brasileiros. Já o Massa Bruta, que disputa a Sul-Americana pela primeira vez em sua história, tenta conquistar seu primeiro troféu internacional. Além da taça, o campeão garante também uma vaga na fase de grupos da próxima edição da Libertadores e da Recopa Sul-Americana.

Veja Também