De volta ao Atlético, Luan Sales diz que empréstimo ao Flamengo serviu para lhe dar confiança

Titular na reta final da temporada passada, o lateral-direito Dudu terá concorrência pela posição em 2022. Isso porque, depois de um empréstimo à base do Flamengo, Luan Sales, que chegou a fazer cinco jogos com o time profissional, entre 2019 e 2020, está de volta ao Atlético.

Postado em: 13-01-2022 às 07h30
Por: Breno Modesto
O lateral-direito Luan Sales retorna depois de um empréstimo ao time sub-20 do Flamengo | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

Titular na reta final da temporada passada, o lateral-direito Dudu terá concorrência pela posição em 2022. Isso porque, depois de um empréstimo à base do Flamengo, Luan Sales, que chegou a fazer cinco jogos com o time profissional, entre 2019 e 2020, está de volta ao Atlético.

Mais tranquilo, como contou o próprio jogador, ele retorna ao Dragão com mais massa muscular do que tinha quando deixou o clube do bairro de Campinas. Além do crescimento físico, Luan revela que o tempo em que esteve na equipe carioca serviu para dar mais tranquilidade a ele, principalmente dentro das quatro linhas

“Creio que, durante minha passagem pelo Flamengo (sub-20), meu maior crescimento foi a questão de ficar mais tranquilo dentro de campo, de ter mais tranquilidade para falar com a imprensa, que foi algo que não aconteceu muito enquanto estive por lá, mas que era sempre alertado por eles. Já na parte física, eu não sei explicar no que foi que eu cresci, porque fiz lá as mesmas coisas que eu costumava fazer aqui. O que eu sei é que eu ganhei mais massa (muscular). Mas não sei explicar. Deixo para quem sabe”, contou Luan Sales.

Continua após a publicidade

Por fim, o defensor diz que foi recebido de uma maneira diferente pelos companheiros de clube em relação à época em que era da base e servia o elenco profissional. Além disso, Luan vê que o tempo em que passou no Flamengo serviu para deixar os membros do Atlético mais confiantes em seu futebol.

“Acredito que a forma que eu subi para o profissional e como estou sendo recebido aqui hoje é diferente. O Atlético está crescendo nas categorias de base, como um clube formador de jogadores. Eu vejo que a minha ida para o Flamengo, além desse um ano como profissional, me faz voltar com mais confiança de todos os membros do Atlético. Então, eu acredito que vai ser um ano de coisas boas”, finalizou o lateral.

Veja Também