Com gol de Wellington Rato, Dragão inicia Goianão com vitória em cima do Crac

Postado em: 26-01-2022 às 22h04
Por: Breno Modesto
De peixinho, Wellington Rato marcou o gol que deu a vitória ao Atlético | Foto: Afonso Cardoso

A caminhada do Atlético Goianiense no Campeonato Goiano de 2022 começou com três pontos. Jogando em casa, no Estádio Antônio Accioly, o time comandado pelo técnico Marcelo Cabo venceu o Crac, na noite desta quarta-feira (26), por 1 a 0. O único gol da partida foi marcado pelo meia-atacante Wellington Rato, na etapa final.

Com o triunfo, o Dragão abre o Goianão dividindo a liderança do Grupo B com o Vila Nova. Já o Leão do Sul, fecha a primeira rodada na quinta colocação, à frente apenas do Goiatuba, que também perdeu. O próximo compromisso das equipes no torneio estadual será no domingo (30). Enquanto o Rubro-Negro vai até Iporá para enfrentar o Lobo Guará, a equipe catalana recebe o Tigre.

O jogo

O primeiro jogo do Estádio Antônio Accioly no Campeonato Goiano de 2022 começou com o Atlético Goianiense, equipe da casa, indo para cima do Crac. A primeira chegada do rubro-negro e, também da partida, aconteceu logo aos cinco minutos, quando o lateral-direito Dudu chegou à linha de fundo e cruzou, na medida, para Dellatorre, que cabeceou. A finalização acabou morrendo nas mãos do goleiro Dida, que fez a defesa.

Pouco tempo depois, aos 12, em mais uma jogada pelo lado direito de campo, o Dragão carimbou a trave de Dida. Depois de mais um cruzamento de Dudu, Dellatorre deixou passar e Leandro Barcia chegou completando. A bomba do uruguaio acabou explodindo na baliza do clube de Catão. A resposta do Leão veio sete minutos depois, quando Ygor Vinícius recebeu de Maurício, invadiu a área e chutou cruzado, assustando Luan Polli.

A chegada acabou animando os visitantes, que passaram a rondar a defesa rubro-negra. Tanto que, com 30 minutos jogados, o zagueiro Gabriel Peres apareceu na área para cabecear um escanteio cobrado e viu a finalização tirar tinta do poste de Luan Polli. Na sequência, aos 40, foi a vez de Kayron finalizar e ver o camisa 1 atleticano evitar que o placar fosse aberto. Antes do fim do primeiro tempo, Wellington Rato ainda mandou outra na trave.

Na etapa final, o Crac voltou em cima do Atlético. Também pela direita, o Leão chegou com Duda, que cruzou para Janderson. De primeira, o atacante finalizou e perdeu uma chance incrível, que faria falta, já que, quando o Rubro-Negro chegou, foi letal. Aos 30, Dellatorre puxou contra-ataque pela direita e cruzou para o meio da área, onde estava Wellington Rato, que concluiu de peixinho.

Susto

No finalzinho do jogo, o lateral-direito do Dragão, Luan Sales, que entrou no segundo tempo, no lugar de Dudu, e o lateral-esquerdo do Leão do Sul, Igor Pupinski, foram dividir uma bola e acabaram chocando suas cabeças. O choque deixou os dois no gramado, o que fez com que fosse necessário a entrada da ambulância no gramado. Recuperado, o atleta rubro-negro levantou-se rapidamente. Por precaução, a comissão técnica do Dragão optou por substituí-lo. Já o defensor do Crac, que também estava bem e consciente, acabou tendo que ser levado para um hospital próximo para a realização de exames mais detalhados. (Especial para O Hoje)

Ficha técnica
Atlético-GO 1×0 Crac

Data: 26 de janeiro de 2022
Horário: 19h30
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Gol: Wellington Rato (30’/2T) – ACG

Árbitro: Jefferson Ferreira
Assistentes: Cristhian Passos e Márcio Marques

Atlético-GO: Luan Polli; Dudu (Luan Sales (Isaac)), Wanderson, Gabriel (Michel) e Arthur Henrique; Ramon, Marlon Freitas, Wellington Rato e Jorginho (Rickson); Leandro Barcia (Léo Pereira) e Dellatorre.

Técnico: Marcelo Cabo

Crac: Dida; Duda, Gabriel Peres, Anderson Alagoano e Igor Pupinski (Tchô); Luís Felipe (Igor Caetano), Marquinhos Bento e Maurício; Ygor Vinícius, Kayron e Janderson.

Técnico: Wilson Gottardo

Compartilhe: