Joãozinho comemora primeiro gol e projeta sequência positiva para o Goianésia no Goianão

Depois de passar em branco na primeira rodada, quando o Goianésia foi derrotado pelo Anápolis, fora de casa, o atacante Joãozinho conseguiu marcar pela primeira vez com a camisa do Azulão do Vale.

Postado em: 01-02-2022 às 14h50
Por: Breno Modesto
O atacante Joãozinho marcou o segundo gol do Goianésia contra o Morrinhos, no último domingo (30) | Foto: Breno Modesto

Depois de passar em branco na primeira rodada, quando o Goianésia foi derrotado pelo Anápolis, fora de casa, o atacante Joãozinho conseguiu marcar pela primeira vez com a camisa do Azulão do Vale. Foi do camisa 11 o segundo e último gol do time do Vale do São Patrício contra o Morrinhos, no último domingo (30).

Terceiro maior goleador do futebol brasileiro em 2021, com 26 gols, atrás apenas de Hulk, do Atlético-MG, que marcou 35 vezes, e de Gabigol, do Flamengo, com 34 tentos, Joãozinho comemorou o primeiro gol e os primeiros pontos conquistados pelo Goianésia no Campeonato Goiano, fatos que, segundo ele, tiram uma pressão das costas de ambos.

“Vínhamos de um resultado adverso na estreia. Acho que isso acabou nos colocando uma pressão a mais. No ano passado, eu fui um dos artilheiros do Brasil e já tinha uma pressão em cima de mim por parte da torcida, da diretoria e do que o time, que esperavam que eu fizesse gols para ajudar o Goianésia a conquistar seus objetivos do ano. Fico muito feliz pelo gol e por ter ajudado o Goianésia a conquistar seus primeiros três pontos. Temos tudo para nos manter num nível muito bom no restante do campeonato”, analisou Joãozinho.

Continua após a publicidade

Já pensando no confronto contra o Grêmio Anápolis, nesta quarta-feira (2), Joãozinho acredita que o Azulão do Vale estará mais leve após o resultado positivo do último final de semana. De acordo com ele, o clube irá até a cidade de Anápolis com o pensamento de fazer um belo jogo, de vencer e conquistar mais três pontos.

“Querendo ou não, a gente tira um peso (das costas). Por termos estreado com derrota, fora de casa, do jeito que foi, acabamos trazendo uma pressão. Mas isso é normal quando vamos jogar a partida seguinte dentro de nossa casa. Mas, como conquistamos os três pontos, vamos para Anápolis com o mesmo pensamento de vencer, de buscar mais três pontos e fazer um belo jogo lá (no Estádio Jonas Duarte)”, finalizou Joãozinho.

Veja Também