Dudu marca duas vezes, Atlético derrota a Aparecidense e reassume a liderança do Grupo B do Goianão

O Atlético Goianiense abriu o returno da primeira fase do Campeonato Goiano da mesma maneira como terminou o primeiro turno. Vencendo a Aparecidense. Desta vez, na casa do adversário. No Estádio Anníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia, o Dragão venceu o Camaleão por 2 a 1.

Postado em: 12-02-2022 às 18h30
Por: Breno Modesto
Com dois gols do lateral-direito Dudu, o Atlético Goianiense derrotou a Aparecidense por 2 a 1, no Anníbal Batista de Toledo | Foto: Bruno Corsino/Atlético-GO

O Atlético Goianiense abriu o returno da primeira fase do Campeonato Goiano da mesma maneira como terminou o primeiro turno. Vencendo a Aparecidense. Desta vez, na casa do adversário. No Estádio Anníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia, o Dragão venceu o Camaleão por 2 a 1. Dudu, duas vezes, marcou para o Rubro-Negro. E Alex Henrique, de pênalti, fez para os mandantes.

Com o resultado, o Atlético assume, momentaneamente, a liderança do Grupo B. O time do interino Eduardo Souza foi aos 12 pontos. Dois a mais que o Vila Nova, que aparece em segundo. Já a Aparecidense segue na terceira colocação, com oito pontos e, agora, pode ser ultrapassada por Crac ou Goiatuba, que se enfrentam neste domingo (13).

O jogo

Continua após a publicidade

A partida no Estádio Anníbal Batista de Toledo começou quente. Com apenas 11 minutos jogados, a Aparecidense já estava com um jogador a menos. Isso porque o volante Bruno Henrique acabou derrubando o atacante Dellatorre, na grande área, e levou cartão vermelho. Em vantagem no placar e com uma penalidade máxima para cobrar, o Dragão desperdiçou a oportunidade de abrir o marcador. Marlon Freitas foi para a cobrança e viu Pedro Henrique fazer a defesa.

Porém, com um a mais, o Rubro-Negro partiu para cima do Camaleão. E, aos 28, conseguiu marcar. Depois de uma inversão, Dudu recebeu na ponta, cortou para o meio e invadiu a área do time de Aparecida de Goiânia. De perna esquerda, o camisa 2 finalizou e viu a bola morrer no fundo das redes de Pedro Henrique, que se esticou todo para evitar o tento, mas que acabou não conseguindo impedí-lo.

Na etapa final, na marca de sete minutos, o pé esquerdo do lateral-direito apareceu mais uma vez. Depois de um rebote, Dudu limpou a marcação e, mais uma vez, trouxe para a perna esquerda. De fora da área, o defensor acertou o ângulo de Pedro Henrique, que, desta vez, nem se mexeu. Golaço do camisa 2 na cidade de Aparecida de Goiânia.

Na saída de bola, o Camaleão acabou tendo sua chance de marcar e marcou. Aos nove minutos, Alex Henrique foi derrubado na grande área. Pênalti que o árbitro Wilton Pereira Sampaio não hesitou em marcar. Ele mesmo foi para a cobrança e mandou no canto direito de Luan Polli, que nem se mexer. 2 a 1. Mas, em desvantagem numérica, o time da casa acabou não levando tanto perigo aos visitantes, que saíram com os três pontos.

Ficha técnica

Aparecidense 1×2 Atlético-GO

Data: 12 de fevereiro de 2022

Horário: 16h

Local: Estádio Anníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO)

Gols: Alex Henrique (9’/2T) – APA; Dudu (28’/1T e 7’/2T) – ACG

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa)

Assistentes: Fabrício Vilarinho e Márcio Marques

Aparecidense: Pedro Henrique; Adriel (Samoel Pizzi), Lucas Gazal, Vanderley e Rodrigues; Bruno Henrique, Rodriguinho (Lausen) e Robert; Negueba (Breno), Alex Henrique (Gilvan) e Lelo (Derli).

Técnico: Thiago Carvalho

Atlético-GO: Luan Polli; Dudu, Wanderson (Michel), Ramon Menezes e Jefferson; Edson, Marlon Freitas, Wellington Rato (Shaylon) e Rickson (Jorginho); Dellatorre (Brian Montenegro) e Léo Pereira (Leandro Barcia).

Técnico: Eduardo Souza

Veja Também