Prata da casa, Bruninho comemora primeiro jogo com a camisa do Goianésia

O confronto entre Goianésia e Jataiense, na última quarta-feira (16), ficará marcado na memória de muitos torcedores do Azulão do Vale. Além de ter visto o atacante Joãozinho marcar um hat-trick, o torcedor que compareceu ao Estádio Valdeir José de Oliveira presenciou a estreia do garoto Bruninho com a camisa do clube de sua cidade.

Postado em: 18-02-2022 às 18h00
Por: Breno Modesto
Contra a Jataiense, o lateral-direito Bruninho fez sua estreia com a camisa do Goianésia | Foto: Breno Modesto

O confronto entre Goianésia e Jataiense, na última quarta-feira (16), ficará marcado na memória de muitos torcedores do Azulão do Vale. Além de ter visto o atacante Joãozinho marcar um hat-trick, o torcedor que compareceu ao Estádio Valdeir José de Oliveira presenciou a estreia do garoto Bruninho com a camisa do clube de sua cidade.

Após o término do confronto contra a Raposa, o lateral-direito falou a respeito de seu primeiro jogo como profissional. De acordo com Bruninho, muitas coisas boas passaram pela sua cabeça, mas que, de uma maneira calma, ele conseguiu entrar no lugar de Edinho, que saiu lesionado, dar uma assistência e, principalmente, não comprometeu a equipe.

“Passaram muitas coisas boas pela minha cabeça. Meu sonho era ser jogador profissional. Graças a Deus, estou realizando-o. Surgiu esta oportunidade e eu venho trabalhando firme. Com a cabeça fria, consegui entrar, dei uma assistência. Ajudei e, o mais importante, não comprometi a equipe”, disse Bruninho.

Continua após a publicidade

O defensor aproveitou para contar como foi a experiência de ter sido relacionado pela primeira vez por Edson Júnior. Segundo Bruninho, a concentração para realizar sua estreia fez com que ele estivesse nervoso e não conseguisse se apresentar aos demais jogadores do elenco, no tradicional trote que todos os novatos são submetidos.

“Quando eu cheguei no vestiário, ainda não havia saído a lista dos relacionados. Eu tomei meu banho, me troquei e, quando eu fui sair do vestiário, vi que meu nome estava entre os relacionados. Já dei glória a Deus e imaginei que fosse surgir a minha primeira oportunidade. No hotel, tive que me apresentar para os jogadores, mas eu estava tão focado que eu nem consegui”, contou o lateral.

Por fim, Bruninho agradeceu a todos que o acompanharam até a realização de seu maior sonho. De degrau em degrau, ele espera ter mais oportunidade e afirma que, caso apareçam, irá abraçá-las da melhor maneira possível.

“Aproveito para agradecer à minha família, que, mesmo quando eu estava lá em baixo, estava me apoiando. Agora, que estou começando a subir um degrau, eles continuarão me acompanhando. Só tenho a agradecer todos que sempre me deram moral. Aproveito para agradecer também à torcida do Goianésia. Que venham mais oportunidades, pois vou abraçá-las”, finalizou Bruninho.

Veja Também