Após longo período de preparação, Vila Nova encara o Vasco da Gama na estreia da Série B

Postado em: 08-04-2022 às 08h30
Por: Ildeu Iussef
Em São Januário, Vila Nova inicia caminhada na briga pelo acesso à Série A do Brasileirão | Foto: Vitor Brugger/Vasco

Após 17 dias de “pré-temporada”, o Vila Nova volta a campo para disputar uma partida. Às 19h desta sexta-feira (08), o Tigre encara o Vasco da Gama, pela primeira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Estádio São Januário, no Rio de Janeiro.

Vila Nova

O Tigrão disputará a Série B pela 24ª vez em sua história e o objetivo colorado é conquistar o tão sonhado acesso à Elite do Futebol Brasileiro. 

A equipe comandada pelo técnico Higo Magalhães teve duas semanas de preparação visando o duelo contra o Vasco da Gama. Enquanto isso, a diretoria colorada buscou oito reforços para a disputa da Série B: o lateral Alex Silva, os zagueiros Eduardo Doma e Alisson Cassiano, o volante Rafinha, o meia-atacante Luís Araújo e os atacantes Daniel Amorim, Diego Tavares e Christian Eberê.

A tendência é que dois dos oito reforços podem começar a Série B como titulares. Nesse período, o meia Wagner sofreu uma lesão muscular e Rafinha treinou no time principal. Contudo, Wagner já está recuperado. Ainda assim, o lateral-direito Alex Silva também tem trabalhado como titular na vaga de Moacir. No departamento médico colorado estão apenas os laterais Diogo e Bruno Collaço.

Vasco da Gama

O Cruzmaltino disputará a Série B pela quinta vez em sua história e o objetivo da equipe carioca é conquistar o acesso à Elite do Futebol Brasileiro.

A diretoria cruzmaltina tentou mudar a data e o local da partida para o domingo (10) no Maracanã com o objetivo de contar a presença em massa da torcida vascaína, porém a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não atendeu a solicitação e manteve o duelo para São Januário nesta sexta-feira (08). 

O treinador vascaíno, Zé Ricardo, destacou a importância do período dedicado aos treinamentos desde o fim da participação da equipe no Estadual e falou da sua expectativa para enfrentar o Vila Nova na estreia da Série B.

“Esse período de treinamento foi bom para, além das questões táticas, preparar a cabeça e a mente para enfrentar um campeonato difícil como a Série B. Agora é colocar em prática tudo o que trabalhamos nas últimas semanas. O Vila Nova vai impor dificuldades como todos os outros adversários. Serão jogos de altíssimo nível, e esperamos que nosso estádio seja um grande suporte para a gente começar bem a Série B. Vamos ter um clima de apoio, e espero que a gente corresponda, que a gente faça o torcedor embalar no entusiasmo que ele vem mostrando nos últimos jogos”, declarou.

Retrospecto

De acordo com dados do Futebol de Goyaz, Vasco da Gama e Vila Nova já se enfrentaram em 21 oportunidades e o retrospecto é amplamente favorável ao time carioca. São 14 vitórias do Cruzmaltino, três triunfos do Tigre e quatro empates.

Na história da Série B do Campeonato Brasileiro, Vasco da Gama e Vila Nova já mediram forças oito vezes. O Cruzmaltino triunfou em cinco partidas, o Tigre levou a melhor em duas oportunidades e os times ficaram na igualdade uma vez.

O Estádio São Januário já recebeu seis partidas entre Vasco da Gama e Vila Nova. O retrospecto no palco do jogo desta sexta-feira (08) aponta cinco vitórias cruzmaltinas e um triunfo colorado.

FICHA TÉCNICA

Vasco da Gama x Vila Nova

Data: 08 de abril de 2022

Horário: 19h

Local: Estádio São Januário, no Rio de Janeiro

Motivo: 1ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

4º árbitro: João Ennio Sobral (RJ)

VAR: Daiane Caroline Muniz (FIFA/SP)AVAR: Herman Brumel Vani (SP)

Vasco da Gama: Thiago Rodrigues; Léo Matos, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara (Zé Gabriel), Juninho e Nenê; Gabriel Pec, Raniel e Figueiredo. Técnico: Zé Ricardo

Vila Nova: Georgemy; Alex Silva, Rafael Donato, Renato e Willian Formiga; Rafinha, Pablo Roberto e Arthur Rezende; Matheuzinho, Pablo Dyego (Rubens) e Victor Andrade. Técnico: Higo Magalhães

Compartilhe: