Brasil vence a Argentina em confronto de mais de oito horas de duração na Billie Jean King Cup

Postado em: 15-04-2022 às 11h01
Por: Ildeu Iussef
Brasil contra Argentina é sempre clássico e não foi diferente na Billie Jean King Cup | Foto: Divulgação CBT

Contra a Argentina, nesta quinta-feira (14), o Time Brasil conseguiu uma imponente vitória sobre o rival, em uma maratona de mais de oito horas de duração, fechando o duelo com dois triunfos e uma derrota pela Billie Jean King Cup, a Copa do Mundo do Tênis Feminino, no Equador.

Os duelos

No primeiro duelo do dia, Laura Pigossi (126ª) enfrentou a argentina Solana Sierra (648ª), promessa do tênis sul-americano. Em um jogo de 3h07 minutos, a argentina fechou a partida com vitória por 2 sets a 1, com parciais de 7/6(1), 4/6 e 7/6 (12). 

Na sequência, foi a vez de Beatriz Haddad Maia (61ª) deixar tudo dentro de quadra contra Maria Lourdes Carle (237ª). Depois de ver a rival fechar o primeiro set, Bia reagiu na segunda parcial e venceu. No terceiro set, Carle chegou a abrir 5/1 no placar, mas a paulista conseguiu uma incrível reação para fechar em 2 sets a 1, com parciais de 6/7(10), 6/3 e 7/6(5) e forçar o desempate nas duplas. O jogo teve 3h13min de duração.

O Brasil foi para a partida decisiva com a parceria entre Bia Haddad Maia e Carol Meligeni, que duelaram contra Jazmin Ortenzi e Julia Riera. Apesar do cansaço de Bia, a força do conjunto brasileiro fez a diferença. Em mais um longo jogo (1h51min), vitória das brasileira por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/1.

“Resiliência é uma palavra que representa bem o dia de hoje. Em muitos momentos do jogo, eu sabia que não estava jogando como eu gostaria, mas sabia que podia buscar, ter forças e ser resiliente. Então, estou muito feliz com a vitória e com tudo o que aconteceu”, comemorou Bia Haddad.

“A raça é uma marca registrada, que vem de família, e sempre levo para todo jogo, principalmente na Billie Jean King Cup. Aqui, você não joga só por você, mas por um país inteiro. A grande diferença não é só o tênis, mas a emoção, a garra, o amor pela camisa. Fico feliz por poder demonstrar isso hoje”, afirmou Carol Meligeni.

Agenda

Nesta sexta-feira (15), o Brasil encerra a participação na fase de classificação contra a Colômbia, que nesta quinta venceu a Guatemala por 3 a 0. A equipe colombiana conta com Yuliana Lizaravo (442ª), Maria Herazo Gonzalez (450ª), Maria Perez-Garcia (657ª) e Antonia Samudio (881ª), com a capitã Fabiola Zuluaga.

O Brasil lidera o Grupo A, com duas vitórias em dois confrontos. Argentina e Colômbia estão empatadas com uma vitória e uma derrota, enquanto a Guatemala é a lanterna, sem vitórias.

Os dois melhores colocados do Grupo A avançam para a partida decisiva, no sábado (16), contra algum dos dois melhores colocados do Grupo B, que é formado por Paraguai, México, Chile e Equador. Os vencedores destes duelos se classificam para os playoffs da Billie Jean King Cup em novembro.

Compartilhe: