Atlético elimina Olimpia nos pênaltis e chega, pela primeira vez, às quartas da Sul-Americana

Pela primeira vez na história, o Atlético Goianiense está classificado para a fase de quartas de final da Copa Sul-Americana.

Postado em: 07-07-2022 às 23h50
Por: Breno Modesto
No Serra Dourada, o Atlético venceu o Olimpia por 2 a 0 no tempo normal e por 5 a 3 nos pênaltis | Foto: Alan Deyvid/Atlético-GO

Pela primeira vez na história, o Atlético Goianiense está classificado para a fase de quartas de final da Copa Sul-Americana. A classificação histórica veio com muita emoção. Jogando no Estádio Serra Dourada, o Dragão devolveu a derrota sofrida no jogo de ida e bateu o Olimpia, no tempo normal, por 2 a 0, na noite desta quinta-feira (7). Com o resultado igual ao da ida, o jogo foi para os pênaltis, onde o Rubro-Negro bateu o Rey de Copas por 5 a 3.

Os gols da partida foram marcados por Churín e Airton. Nas penalidades máximas, Wellington Rato, Baralhas, Shaylon, Rickson, e, por último, Marlon Freitas, converteram suas cobranças e colocaram o time do bairro de Campinas na próxima fase da competição internacional. O próximo adversário será o Nacional, do Uruguai. As datas dos jogos ainda serão definidas pela Conmebol. No entanto, o que se sabe é que o Atlético fará o segundo jogo em casa.

O jogo

Continua após a publicidade

O confronto de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana, disputada no Estádio Serra Dourada, começou da melhor maneira possível para o Atlético Goianiense. Em menos de 10 minutos de bola rolando, o Rubro-Negro já havia marcado os dois gols que precisava para acabar com a vantagem construída pelo Olimpia no duelo do Paraguai.

A primeira chegada perigosa da partida aconteceu logo aos dois minutos, com Jefferson. O lateral-esquerdo recebeu dentro da área e, dali mesmo, arriscou a finalização, que foi defendida por Olveira. Dois minutos depois, veio o primeiro gol da noite. Depois de escanteio cobrado por Airton, o argentino Churín subiu mais alto que a defesa paraguaia e abriu o placar. O segundo gol saiu pouco depois, aos seis minutos. Em jogada individual, Airton deixou boa parte dos defensores do Rey de Copas para trás, entrou na área e, de canhota, mandou para o fundo das redes.

O Dragão seguiu pressionando, principalmente no primeiro tempo, mas não conseguiu marcar o terceiro tento, que lhe classificaria de maneira direta. O Olimpia, que esteve acuado na primeira parte, se soltou no segundo, chegando com perigo. No entanto, os paraguaios não conseguiram finalizar a ponto de exigir que Ronaldo trabalhasse.

Pênaltis

Nas penalidades máximas, todos os jogadores atleticanos converteram suas cobranças. Os dois grandes momentos da disputa foram a defesa de Ronaldo na cobrança do volante Hugo Quintana e o gol marcado por Marlon Freitas, que sacramentou a passagem do Rubro-Negro para a fase seguinte.

Ficha técnica

Atlético-GO 2(5) x (3)0 Olimpia

Data: 7 de julho de 2022

Horário: 21h30

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Gols: Churín (4’/1T) e Airton (6’/1T) – ACG

Árbitro: Wilmar Roldán (Fifa/COL)

Assistentes: Alexander Guzmán (COL) e Sebastian Vela (COL)

VAR: Julio Bascuñán (CHI)

Atlético-GO: Ronaldo; Hayner, Ramon, Édson Felipe e Jefferson; Gabriel Baralhas, Marlon Freitas e Shaylon; Airton (Léo Pereira (Rickson)), Churín (Luiz Fernando) e Wellington Rato.

Técnico: Jorginho

Olimpia: Olveira; Otálvaro (Salazar), Luis Zárate, Saldedo e Iván Torres (Gamarra); Ortiz, Hugo Quintana, Alejandro Silva e Fernando Cardozo; Derlis González e Recalde (Paiva).

Técnico: Julio César Cáceres

Veja Também