Vila Nova apresenta os atacantes Neto Pessoa e Kaio Nunes

Nesta terça (20), o Vila Nova apresentou mais duas peças que passam a integrar seu elenco. Os atacantes Neto Pessoa e Kaio Nunes vestiram a camisa e concederam suas primeiras entrevistas coletivas pelo novo clube.

Postado em: 20-07-2022 às 23h13
Por: Breno Modesto
Ao lado de Frontini, os novos reforços para a sequência da temporada, vestiram a camisa do Colorado | Foto: Fernando Brito/Vila Nova FC

Na última segunda-feira (18), a janela de transferências do futebol brasileiro se abriu. Desde então, muitos jogadores estão sendo contratados, anunciados e apresentados pelos clubes brasileiros. E em Goiás não é diferente. Nesta terça (20), o Vila Nova apresentou mais duas peças que passam a integrar seu elenco. Os atacantes Neto Pessoa e Kaio Nunes vestiram a camisa e concederam suas primeiras entrevistas coletivas pelo novo clube.

O primeiro a falar foi Neto Pessoa, que chegou ao Tigre depois de uma rápida passagem pela Malásia. Entendendo o atual e delicado momento que o Colorado atravessa, o jogador diz entender sua responsabilidade, mas afirma que não veio para salvar a pátria, mas, sim ser uma “engrenagem” na equipe do técnico Allan Aal.

“Sou um cara que me cobro muito. Eu me cobro bastante. Sei da responsabilidade que tenho no momento, pela situação que o Vila Nova vive. O time necessita desse poder ofensivo. Não sou um salvador da pátria. Eu não vim para salvar. Eu vim para ser mais uma “engrenagem” que vai ajudar o Allan (Aal), que vai ajudar a equipe. Sou um cara de grupo e acredito que tenho tudo para dar certo aqui no Vila Nova”, disse Neto Pessoa.

Continua após a publicidade

Já Kaio Nunes, que já havia passado pelo futebol goiano em outras oportunidades, uma delas, inclusive, no arquirrival Goiás, não esconde a alegria pelo retorno ao Estado. De acordo com ele, o calor, algo que não era muito comum na Região Sul, onde ele estava, é algo que o agrada.

“Conheço Goiânia desde 2019 e gosto do clima daqui. Passei bastante tempo no Sul e não gostava do clima de lá. Prefiro o calor. Estou muito feliz por estar aqui. Espero ajudar da melhor maneira possível, inclusive com gols e vitórias. Apesar do time estar em último, o grupo e o ambiente continuam bons. Isso pode ser um fator para reverter essa situação. O grupo me recebeu muito bem e eu espero ajudar”, comentou Kaio Nunes.

Veja Também