Fora de casa, Anápolis abre mata-mata da Série D do Campeonato Brasileiro

Às 15h, o Galo da Comarca encara a Águia, no Estádio Ninho da Águia, na cidade de Águia Branca.

Postado em: 23-07-2022 às 08h00
Por: Breno Modesto
Único representante goiano na segunda fase da Série D, o Anápolis tenta repetir o feito da Aparecidense e chegar à Série C | Foto: Anápolis FC

Único goiano classificado à segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro, o Anápolis inicia, neste sábado (23), o duelo contra o Real Noroeste, do Espírito Santo, pela segunda fase da competição nacional. Às 15h, o Galo da Comarca encara a Águia, no Estádio Ninho da Águia, na cidade de Águia Branca.

O confronto acontece no pior momento do Tricolor na quarta divisão. Depois de sete vitórias consecutivas, o time comandado pelo técnico Luiz Carlos Winck entrou em uma sequência sem resultados positivos. Nos últimos cinco compromissos do Anápolis na Série D, foram três empates e duas derrotas, que fizeram com que o Brasiliense disparasse na ponta do Grupo 5.

Além disso, Winck terá dois problemas para encarar o Real Noroeste. Por ter recebido o terceiro cartão amarelo no último jogo da fase de grupos, o atacante Gustavo Vintecinco terá de cumprir suspensão automática e só estará à disposição para o jogo de volta. Já o zagueiro Felipe Chaves, com uma lesão na coxa, está entregue ao departamento médico e também ficará fora.

Continua após a publicidade

Série C

Quem também entra em campo neste fim de semana é a Aparecidense. Pela décima sexta rodada da primeira fase da Série C do Campeonato Brasileiro, o Camaleão enfrenta o Brasil de Pelotas, neste domingo (24), no Estádio Bento Freitas. O duelo coloca frente a frente duas equipes que vivem situações distintas na competição. Enquanto a Cidinha briga para se manter no grupo das oito equipes que se classificam à fase seguinte, o Xavante tenta se livrar da zona de rebaixamento.

Os dois clubes vêm de vitória na última rodada. Os gaúchos golearam o Atlético-CE por 4 a 1. Já os goianos derrotaram o Altos, do Piauí, por 2 a 1. E, para tentar o segundo triunfo consecutivo, o técnico Moacir Júnior não terá nenhum desfalque. No entanto, três jogadores estão pendurados e, caso sejam advertidos com cartão amarelo, ficarão fora da partida contra o Atlético-CE, no sábado (30). São eles: o zagueiro Wesley Matos, o volante Rodriguinho e o meia Robert.

Veja Também