Fora de casa, Atlético Goianiense enfrenta o Botafogo e tenta embalar no Brasileirão

Após a classificação à semifinal da Copa Sul-Americana, o Atlético Goianiense volta seu foco para o Campeonato Brasileiro, competição apontada pelos rubro-negros como a prioridade da temporada.

Postado em: 13-08-2022 às 09h00
Por: Breno Modesto
O goleiro Renan reencontrará o Botafogo, clube pelo qual começou a carreira profissional | Foto: Alan Deyvid/Atlético-GO

Após a classificação à semifinal da Copa Sul-Americana, o Atlético Goianiense volta seu foco para o Campeonato Brasileiro, competição apontada pelos rubro-negros como a prioridade da temporada. Diante do Botafogo, fora de casa, o time comandado pelo técnico Jorginho busca a segunda vitória consecutiva na competição nacional.

A partida marcará o reencontro do goleiro Renan com o Alvinegro, equipe pela qual se profissionalizou. Apesar de conhecer bastante o adversário, o arqueiro cita que, para que o Dragão conquiste os três pontos no Rio de Janeiro, precisará fazer o mesmo que faz nos outros jogos, que é se entregar ao máximo.

“O segredo para conquistar os três pontos aqui (no Rio de Janeiro) é o mesmo de qualquer partida, seja ela dentro ou fora de casa. É se entregar ao máximo, se dedicar, acreditar que é possível. E o nosso grupo está conseguindo fazer isso. Estamos entendendo que é desta forma que deve ser, com entrega total. Seja quem for que estiver em campo, deve dar o seu máximo. Assim, estaremos mais perto da vitória ou de um bom resultado. A equipe do Botafogo é qualificada e sabemos disso. Temos que entender que vai ser um jogo difícil. Mas se for desta forma que falei, é possível (vencer)”, disse Renan.

Continua após a publicidade

Botafogo

O técnico Luís Castro terá alguns desfalques para escalar sua equipe diante do Atlético. Isso porque alguns jogadores estão entregues ao departamento médico. São eles: os volantes Breno e Kayque e os atacantes Lucas Piazon e Gustavo Sauer.

Em fase de transição, o lateral Carlinhos e o atacante Diego Gonçalves também não devem aparecer entre os relacionados para a partida. Por suspensão, o time botafoguense não terá o meia Lucas Fernandes, que, contra o Ceará, na última rodada, recebeu seu terceiro cartão amarelo.

Em contrapartidas às ausências, os laterais Marçal e Hugo, recuperados de lesão, estão à disposição de Castro e disputam a condição de titular da lateral-esquerda do Alvinegro.

Histórico

O confronto deste sábado (13) será o décimo quarto da história entre Botafogo e Atlético Goianiense. Com cinco vitórias, a equipe que mais venceu foi a carioca. Os goianos levaram a melhor em três partidas. Além disso, houveram cinco empates.

No primeiro turno da atual edição do Campeonato Brasileiro, resultado de igualdade. Em jogo válido pela terceira rodada, 1 a 1, no Estádio Antônio Accioly. Marlon Freitas abriu o placar para o Dragão e o atacante Leandro Barcia, que já deixou o Rubro-Negro, marcou contra.

Ficha técnica
Botafogo x Atlético-GO

Data: 13 de agosto de 2022
Horário: 21h
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Edina Alves Batista (Fifa/SP)
Assistentes: Neuza Inês Back (Fifa/SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa/SP)
VAR: Adriano Milczvski (PR)

Botafogo: Gatito Fernández; Renzo Saravia, Philipe Sampaio, Victor Cuesta e Marçal (Hugo); Patrick de Paula, Tchê Tchê e Eduardo; Luís Henrique, Erison e Jeffinho.
Técnico: Luís Castro

Atlético-GO: Renan; Dudu, Camutanga, Lucas Gazal e Jefferson; Marlon Freitas, Willian Maranhão e Jorginho; Wellington Rato, Churín e Luiz Fernando (Peglow).
Técnico: Jorginho

Veja Também