Vila Nova ganha mais uma motivação para o clássico contra Goiás

Podendo virar líder da Série B, Tigre mira confronto deste sábado contra o Verdão, decisivo para a sequência dos dois no campeonato

Postado em: 03-05-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Podendo virar líder da Série B, Tigre mira confronto deste sábado contra o Verdão, decisivo para a sequência dos dois no campeonato

Luiz Felipe Mendes*

Continua após a publicidade

Pode-se considerar que o clássico deste sábado, contra o Goiás, é o jogo mais importante do Vila Nova em 2018. Se vencer, assume a liderança do campeonato e só poderá ser ultrapassado se o Paysandu ganhar o seu confronto e tirar a diferença no saldo de gols em relação ao Vila; além disso, afunda ainda mais o principal rival. Se perder, uma oportunidade de ouro será desperdiçada.

Com 100% de aproveitamento no campeonato até o momento, o Vila foi escalando posições de pouquinho em pouquinho. Para ter a chance de ficar na ponta ao final dessa rodada, precisava torcer por tropeços de Fortaleza e Figueirense, os dois acima do alvirrubro na tabela. E aconteceu. Os cearenses empataram com o Londrina em 1 a 1 e os catarinenses perderam para o Brasil de Pelotas por 1 a 0. Assim, o caminho do Vila para a primeira colocação está livre, com apenas o Paysandu como um possível estraga-prazeres.

As campanhas de Vila e Paysandu são quase idênticas. Os dois possuem três vitórias, nenhum empate, nenhuma derrota e apenas um gol sofrido. No entanto, o time do centro-oeste fez um gol a mais que os nortistas, e por isso os goianos estão na frente da classificação. Se os dois vencerem e a diferença no saldo de gols não for alterada, o Tigre será o líder do torneio. Se os dois perderem, podem ser ultrapassados pelo Atlético Goianiense ou o Coritiba.

Visando encontrar a melhor escalação possível para o jogo contra o Goiás, o treinador Hemerson Maria deve fazer apenas uma mudança no time em comparação com os 11 iniciais do confronto contra o Sampaio Corrêa, na semana passada. Keké deve ser sacado da equipe, deixando a vaga aberta para dois atletas importantes – Alan Mineiro, recém-chegado ao clube e que estreou no sábado justamente no lugar de Keké, ou Ramon, que era titular absoluto, mas acabou se lesionando.

Quanto ao resto do time, o comandante colorado deve seguir repetindo a escalação, para que os jogadores estejam cada vez mais entrosados. O Vila deve entrar em campo com: Mateus Pasinato; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón Filgueira; Geovane, Wellington Reis e Elias; Mateus Anderson, Alan Mineiro (Ramon) e Reis.

Apesar da superioridade histórica de vitórias do Goiás em relação ao Vila Nova, o desempenho alvirrubro nos mais recentes “Derbys do Cerrado” pode pesar a favor do Tigre. Desde a Série B de 2017, foram quatro duelos, com dois empates e duas vitórias do Vila perante o alviverde, que não vive um bom momento na temporada. 

Veja Também