17 de dezembro de 2017 - domingo

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Atlético
17/02/2017 | 06h00
Kléver assimila cobranças da torcida
Goleiro do Atlético acredita que, com a conquista da Série B, é natural a reivindicação dos torcedores

Felipe Bonfim

Apesar de liderar o Grupo B do Campeonato Goiano com sete pontos, o Atlético ainda não convenceu o torcedor. O rubro-negro venceu apenas dois dos cinco jogos disputados e ainda caiu diante dos rivais Goiás e Vila Nova. A pressão no início da temporada é vista como natural pelo goleiro Kléver.

O camisa 1 do Dragão avalia que a conquista do título do Campeonato Brasileiro da Série B no ano passado traz consigo uma cobrança maior sobre o elenco. O jogador entende que o time teve queda de rendimento se comparado à 2016 e garante que o grupo irá melhorar no decorrer do Estadual.

“Nós estamos vindo de um ano que as coisas aconteceram de uma maneira maravilhosa. É normal que a cobrança em 2017 aumente, o Atlético é um clube grande e precisa estar entre os primeiros. Esse ano oscilamos um pouco, mas também fizemos boas partidas. Temos que continua buscando melhorar dentro dos jogos”, disse.

O Atlético tem, no próximo domingo, uma grande oportunidade de mostrar força no torneio. O rubro-negro encara o Vila Nova, no Estádio Serra Dourada, em partida que abre o segundo turno da competição. Um triunfo sobre o rival deve dar mais tranquilidade para o técnico Marcelo Cabo trabalhar.

Em busca de evolução do setor ofensivo, Marcelo Cabo comandou, na manhã de ontem, no CT Urias Magalhães, um trabalho de finalizações com o elenco. Os diversos gols perdidos geraram reclamação do treinador durante a última semana. Na rodada passada, o time até foi às redes em três oportunidades, mas também sofreu gols e saiu de campo com um empate em 3 a 3, diante do Itumbiara.

Uma das esperanças para o ataque no ano, Negueba fez a sua estreia na ocasião. Ele saiu do banco de reservas no segundo tempo e participou de pouco mais de 30 minutos da partida. Agora, ele briga durante a semana para garantir uma vaga entre os titulares.

O comandante atleticano ainda não deu inícios se irá promover qualquer alteração na equipe em relação àquela que entrou em campo na segunda-feira. 

O primeiro trabalho tático deve ser realizado na manhã desta sexta-feira. A tendência, contudo, é que ele mantenha a formação da equipe visando o clássico. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)