“Semifinal é outro campeonato”, diz Wagner

Meio-campista do Goiás prevê clássico equilibrado com o Vila Nova e destaca decisão à parte no duelo com o rival pelo Goianão

Postado em: 14-04-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Meio-campista do Goiás prevê clássico equilibrado com o Vila Nova e destaca decisão à parte no duelo com o rival pelo Goianão

Felipe Bonfim

O Goiás já bateu o Vila Nova, adversário da próxima segunda-feira, no Estádio Serra Dourada, em duelo válido pela primeira partida da semifinal do Campeonato Goiano, em uma oportunidade em 2016. O alviverde venceu o rival por 2 a 0 na estreia e empatou sem gols já no segundo turno da competição.

Continua após a publicidade

Nem por isso, no entanto, o clube entra em campo como favorito a conquistar uma vaga na decisão estadual. Autor de cinco gols e quatro assistências até aqui, o meia Wagner alerta que tudo que foi produzido nas 15 rodadas da primeira fase não significam nada no mata-mata, considerado até como um torneio à parte pelo jogador. 

“Quem vive de passado é museu. Semifinal é outro campeonato e ainda se trata de um clássico. O que posso dizer é que estou feliz pela campanha que o Goiás fez e por eu ser uma peça importante no time. Eu posso dizer também que vamos entrar para fazer o nosso melhor para conseguir o resultado positivo”, disse.

Apesar de os esmeraldinos terem fechado a primeira fase com a melhor campanha da competição, Wagner também não acredita que a equipe tenha a obrigação de propor o jogo, impor o ritmo, acuar o adversário e ser quem mais busca o gol dentro de campo.

“Eu não sei como eles estão trabalhando lá, mas sei que estamos fazendo a nossa parte para fazer um bom jogo. Não posso dizer que vamos entrar em campo para impor o ritmo, fazer isso ou aquilo. Do outro lado eles também estão dando duro. Temos que respeitar o time que está lá. Mas tenho certeza que vamos colocar em prática no jogo o que trabalharmos na semana”, afirmou.

Base

A equipe Sub-17 do Goiás recebe o Flamengo hoje, às 20 horas, no Estádio Hailé Pinheiro (Serrinha). O confronto é o primeiro das oitavas de final da Copa do Brasil – a volta está marcada para o dia 20, no Estádio da Gávea. Os portões serão abertos aos torcedores que quiserem acompanhar a partida.

Com goleada de 9 a 0 sobre o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão, em São Luís-MA, o alviverde estreou e fez história na competição. Foi a maior goleada de um time goiano em competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Na primeira fase, o rubro-negro carioca eliminou o Náutico com vitórias por 1 a 0, fora de casa, e 3 a 0, no Rio de Janeiro.  

Veja Também