Clássico vale vaga na decisão

Goiás e Vila Nova duelam para saber quem disputará o título do Campeonato Goiano de 2016 contra o Anápolis

Postado em: 24-04-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Goiás e Vila Nova duelam para saber quem disputará o título do Campeonato Goiano de 2016 contra o Anápolis

Edivaldo Barbosa

O segundo e último finalista do Campeonato Goiano será conhecido neste domingo, a partir das 16 horas, quando os rivais Goiás e Vila Nova se enfrentam, no Serra Dourada, pela semifinal da competição estadual. Na última segunda-feira, os arquirrivais terminaram empatados por 1 a 1 e, como reza o regulamento, ninguém leva vantagem para chegar à decisão do Goianão. Se o clássico desta tarde terminar empatado, a decisão da vaga vai ser definida nas cobranças de pênaltis. O vencedor irá disputar o título com o Anápolis, que ontem despachou o Atlético.

Nesta temporada, Goiás e Vila Nova realizaram três confrontos pelo Goianão, sendo que o alviverde venceu o primeiro por 2 a 0. Na sequência, dois empates: 0 a 0 e 1 a 1, o que demonstra que tem havido um equilíbrio técnico nos clássicos. O técnico Enderson Moreira, do Goiás, prevê que a sua equipe terá uma postura diferente, neste domingo. “Cada jogo é uma história diferente”, disse, lembrando que o alviverde vai lutar para não repetir os erros mostrados na última segunda-feira.

Continua após a publicidade

No clássico passado, o alviverde encontrou dificuldade para superar o esquema tático adotado pelo Vila Nova. Segundo Enderson, o alviverde está pronto para fazer um grande jogo. “Precisamos melhorar e ser melhores. Esperamos fazer um grande jogo para sair classificado no clássico”, disse o treinador, que deve escalar três volantes neste domingo. “Precisamos retomar a confiança”, finalizou o treinador, que escala o volante Willian na vaga de David.

Tigrão

No Vila Nova, o técnico Rogério Mancini promove o retorno do zagueiro Vinícius Simon, que cumpriu suspensão pelo terceiro cartão. Com isso, Douglas Assis, que atuou improvisado na lateral-direita, deixa o time. O jogador, aliás, cometeu pênalti desnecessário no meia Wagner. Com a entrada de Simon, o zagueiro Reginaldo está sendo deslocado para a lateral.

Para o comandante vilanovense, o Vila precisa ser aplicado taticamente. Um dos objetivos é não dar espaço ao rival, conforme disse o técnico. “Não adianta montar um esquema se não tiver a pegada ou se não tiver a tranquilidade do passe. Se a gente está encaixado defensivamente, precisamos tentar melhorar alguma coisa na frente, para tentar criar alguma coisa nova, caprichar no último passe na finalização”, disse o treinador.

Durante a semana de preparação, Vila Nova e Goiás treinaram exaustivamente cobranças de pênaltis. É que se o clássico terminar empatado, a vaga à final será decidido através dos pênaltis.  

Veja Também