Manex Silva é o primeiro brasileiro a competir no esqui cross-country em Pequim 2022

Neste domingo (06), o Brasil estreia no esqui cross-country em Pequim 2022. Manex Silva, de 19 anos, será o primeiro atleta do

Postado em: 05-02-2022 às 15h49
Por: Ildeu Iussef
Atleta de 19 anos, que saiu do Acre para as montanhas nevadas, estreia neste domingo, 06 com o feito de já ter elevado a modalidade a outro patamar no Brasil | Foto: Anders Pettersson/COB

Neste domingo (06), o Brasil estreia no esqui cross-country em Pequim 2022. Manex Silva, de 19 anos, será o primeiro atleta do país a competir na modalidade, que tem representantes brasileiros nos Jogos Olímpicos de Inverno desde Salt Lake 2002.

Manex irá estrear na inédita prova de esquiatlo, que combina os dois estilos de esquiar, o clássico e skating, percorrendo uma distância de 15km em cada um. Isso representa quatro voltas no circuito no Centro Nacional de Esqui Cross-Country, em Zhangjiakou.

“É uma prova nova para mim e que vai exigir muito. Vamos fazer os primeiros 15km, trocamos de esquis, botas e bastões e começamos os outros 15km. O meu foco maior é no Sprint, fiz minha primeira prova de 50km ano passado. Mas como ganhei o direito de participar das quatro competições, vou fazer todas”, explicou.

Continua após a publicidade

Aos 19 anos, Manex Silva possui grandes marcar como o top-40 nos Jogos Olímpicos da Juventude, Lausanne 2020, o melhor sul-americano na competição. Apesar das marcas expressivas, o jovem sabe que ainda tem uma jornada de evolução pela frente.

“O nível do esqui cross-country no Brasil está cada vez mais elevado, não só pelos meus desempenhos, mas também pelos outros atletas que estão treinando muito e competindo cada vez melhor. Foi muito bom ter um adversário como o Steve (Hiestand) na busca pela vaga em Pequim 2022. Apesar de não termos nos visto muito durante a temporada porque participamos de competições diferente, a verdade é que ter um bom adversário te motiva mais a alcançar o objetivo”, disse o atleta.

Veja Também