Sorteio define confrontos da primeira rodada do Rio Open 2022

O sorteio realizado no Corcovado Club, no Jockey Club Brasileiro, neste sábado, definiu os confrontos da primeira rodada do Rio Open. O

Postado em: 12-02-2022 às 23h30
Por: Ildeu Iussef
Cabeça de chave nº 1, Berrettini aguarda vencedor da partida entre Thiago Monteiro e um qualifier | Foto: Rio Open/Fotojump

O sorteio realizado no Corcovado Club, no Jockey Club Brasileiro, neste sábado, definiu os confrontos da primeira rodada do Rio Open. O italiano Matteo Berrettini, número 6 do ranking mundial e cabeça de chave nº 1 do maior torneio da América do Sul, enfrentará o vencedor da partida entre o brasileiro Thiago Monteiro e um jogador do qualifying. O cabeça 2, o norueguês Casper Ruud, número 8 do mundo, também saiu na frente na chave e espera o melhor entre o francês Benoit Paire e o argentino Francisco Cerundolo. A chave principal do Rio Open começa na segunda-feira (14).

Em outro jogo da primeira rodada, disputa entre espanhóis. A sensação de 18 anos Carlos Alcaraz, que visitou hoje o Mirante Dona Marta,  enfrentará Jaume Munar, de 24 anos. Alcaraz venceu sua primeira partida em um torneio nível ATP no Rio Open de 2020, quando tinha 16 anos. “Desde a primeira vez que vim eu cresci muito, tanto como jogador como pessoalmente, e agora acho que já estou consolidado no circuito, já me conhecem e me considero mais um jogador. Acho que sou capaz de fazer grandes coisas.”

O outro brasileiro na chave, Felipe Meligeni, enfrentará um jogador do qualifying. Thiago Monteiro, que participou do sorteio, falou o que esperar de um confronto desse. “O jogador que vem do quali chega num bom ritmo para a estreia. Mas estou me sentindo bem, treinei ontem e hoje, tem amanhã também. Conheço muito bem as condições aqui do Rio, já morei e treinei aqui. Vou também estudar as possibilidades de quem posso enfrentar”.

Continua após a publicidade

Campeão da edição 2016, o uruguaio Pablo Cuevas enfrentará o espanhol Pablo Andujar, semifinalista em 2014. Já o vencedor em 2019, o sérvio Laslo Djere terá pela frente o italiano Lorenzo Sonego. E o argentino Diego Schwartzman, campeão em 2018, pega um tenista que vem do quali, assim como o vice de 2017, o espanhol Pablo Carreño Busta. O chileno Cristian Garin, último campeão do Rio Open, vai enfrentar o argentino Federico Coria.

Chave de Simples

Chave de Duplas

A primeira rodada da chave de duplas colocou frente a frente três brasileiros. O mineiro Bruno Soares e seu parceiro, o britânico Jamie Murray, enfrentarão na estreia Rogério Dutra Silva e Orlando Luz. Bruno, campeão de 35 títulos na carreira, segue em busca do inédito troféu do Rio Open. Do outro lado, Rogerinho disputa sua última competição da carreira. Ele e Orlandinho receberam convite da organização, e Rogerinho será homenageado. 

Outro grande nome do Brasil nas duplas, o também mineiro Marcelo Melo, enfrentará na estreia a parceria formada pelo mexicano Santiago Gonzalez e pelo argentino Andres Molteni. Melo não jogará com seu parceiro de circuito, o croata Ivan Dodig, e formará dupla com o uruguaio Pablo Cuevas. O parceiro de duplas tem boas recordações das quadras do Rio Open. Foi campeão em simples na edição de 2016 e de duplas com o espanhol Pablo Carreño Busta em 2017.

Já os jovens brasileiros Felipe Meligeni e Rafael Matos, que também receberam convite, vão enfrentar na estreia a dupla cabeça de chave número 1, formada pelo argentino Horacio Zeballos e pelo espanhol Marcel Granollers. Zeballos e Granollers venceram a edição 2020 do Rio Open. 

Veja Também