Em Abu Dhabi, Rafa Câmara segue dominante na F4 UAE

O campeonato de F4 dos Emirados Árabes Unidos mudou de Dubai para Abu Dhabi para a etapa decisiva neste fim de semana.

Postado em: 18-02-2022 às 14h54
Por: Ildeu Iussef
Pernambucano da Ferrari Driver Academy crava duas poles e vence duas vezes na sexta-feira, mas tem um dos triunfos transformado em segundo lugar | Foto: Prema Racing

O campeonato de F4 dos Emirados Árabes Unidos mudou de Dubai para Abu Dhabi para a etapa decisiva neste fim de semana. Mas a bandeira do Brasil permanece no alto do pódio. Mais uma vez Rafa Câmara foi dominante com o carro #88 preparado pela equipe Prema.

Nesta sexta-feira (18), o piloto de 16 anos de idade integrante da Ferrari Driver Academy cravou duas poles (a segunda com direito a recorde da pista com os novos carros da F4) e venceu duas baterias. A primeira, novamente de ponta a ponta com direito a melhor volta: foi seu segundo Grand Chelem no campeonato. Na segunda bateria, Rafa largou em segundo, ultrapassou o líder na volta 7 e seguiu abrindo vantagem, novamente catapultado pela melhor volta da prova. Ele cruzou a linha com 2.799 de margem sobre o concorrente.

Mas todos os carros da pista, exceto o do adversário, foram punidos com acréscimo de 5s no tempo final por infração no procedimento de parada na reta sob bandeira vermelha – numa controversa interpretação das normas, em que o regulamento particular da prova colidia com a norma FIA e acabou prevalecendo.

Continua após a publicidade

Diferentemente da maioria dos outros concorrentes do campeonato, que fizeram a etapa inaugural do campeonato na pista de Yas Marina, esta é a primeira etapa do piloto pernambucano no traçado que recebe a F1.

Classificação

Com a vitória dessa sexta-feira, Rafa foi a seis vitórias e oito pódios em 14 corridas disputados no campeonato. Por ser o primeiro do mundo com os novos carros da F4, o certame nos Emirados Árabes ganhou dimensão de um mundial. Nas últimas cinco semanas competiram 40 pilotos, provenientes de todos os continentes. Com as vitórias acumuladas nas últimas três semanas, o brasileiro já se consagrou como o maior vencedor do campeonato – ele não pode mais ser alcançado em número de primeiros lugares por nenhum concorrente.

A jornada desta sexta serviu também para alçar o pernambucano à vice-liderança. Ele soma 208 pontos e está a 25 do líder, seu companheiro de equipe Charlie Wurz, austríaco que disputou quatro corridas a mais. Estão em jogo no sábado 52 pontos.

Veja Também