Atuando fora do país há quase 10 anos, Sandro Lima, ex-Grêmio Anápolis, se vê mais maduro e experiente

Ex-jogador da Associação Goiatuba, da Evangélica e do Grêmio Anápolis, o atacante Sandro Lima, de 31 anos, é um dos principais nomes do Gençlerbirligi, que, atualmente, ocupa a 13ª colocação da TFF 1. Lig, como é conhecida a segunda divisão da Turquia.

Postado em: 18-03-2022 às 12h30
Por: Breno Modesto
Na atual temporada, Sandro Lima disputou 23 pelo Gençlerbirligi, marcando oito gols | Foto: Arquivo pessoal

Enquanto a temporada do futebol brasileiro está apenas no começo, a europeia já se aproxima do fim. Conforme os campeonatos vão “afunilando” as brigas por título, por classificação às competições europeias e contra o rebaixamento se intensificam. E, na Turquia, um velho conhecido do futebol goiano, tenta tirar sua equipe da parte de baixo da tabela e colocá-la na briga por uma das três vagas na elite turca.

Ex-jogador da Associação Goiatuba, da Evangélica e do Grêmio Anápolis, o atacante Sandro Lima, de 31 anos, é um dos principais nomes do Gençlerbirligi, que, atualmente, ocupa a 13ª colocação da TFF 1. Lig, como é conhecida a segunda divisão da Turquia. Com 33 pontos conquistados nos 26 jogos que disputou até aqui, o clube de Ancara, capital do país, está a três pontos da zona de rebaixamento e a nove de entrar na faixa dos playoffs por uma vaga na primeira divisão.

Apesar das dificuldades enfrentadas pelo seu time no torneio, o brasileiro afirma que o Gençlerbirligi tem se comportado bem no campeonato. De acordo com Sandro Lima, nos 10 jogos que ainda restam, ele e os companheiros farão de tudo para levar a equipe aos playoffs.

Continua após a publicidade

“Em meio a tantas dificuldades, nosso time está se comportando bem no campeonato. Estamos um pouco afastados da zona de subida, mas ainda restam mais 10 jogos para o fim (da competição) e vamos fazer de tudo para chegar no playoff”, disse Sandro Lima.

Com oito gols e quatro assistências nas 23 partidas que disputou até aqui na temporada 2021-22, o camisa 91 é um dos jogadores mais utilizados pelo Gençlerbirligi e acredita que tem jogado bem. Segundo Sandro, sua intenção é manter a regularidade para ajudar o clube a chegar mais longe.

“Individualmente, estou indo bem, mantendo a regularidade. Espero mantê-la até o fim (da temporada) para ajudar minha equipe. Já tenho muitos jogos nessa temporada. Sou um dos jogadores mais utilizados e, com muito trabalho, os gols foram saindo. E também as assistências. Sou um jogador que me entrego em prol da equipe. Não importa se faço gol ou dou assistência. O importante é o time sair com a vitória”, comentou o atacante.

Atuando fora do país desde 2013, Sandro relembra a dificuldade que teve para se adaptar à Europa. Hoje, quase 10 anos depois, ele diz estar mais maduro e mais experiente, vendo o futebol de uma maneira diferente.

“Não digo bagagem, mas, sim, um aprendizado de vida e sobre o futebol. Fui muito novo para a Europa e a adaptação foi muito difícil. Mas sempre mantive na cabeça aquilo que queria almejar na minha carreira. Tive que fazer sacrifícios. A diferença de 2013 para hoje é a maturidade e a experiência, que vejo o futebol de outra forma. Meu poder de raciocínio e de decisão estão mais aprimorados”, afirmou Sandro Lima.

O Gençlerbirligi, de Sandro Lima, volta a campo pela segunda divisão da Turquia no próximo domingo (20). Fora de casa, o time comandado pelo técnico Metin Diyadin encara o Kocaelispor, que é o 14º colocado, com um ponto a menos que o time do brasileiro. A partida será a de número 300 do camisa 91 como profissional.

Veja Também