Ataque rende, defesa falha e Atlético vence o Guarani em duelo

Time da casa consegue ser eficiente na frente, mas falhas do goleiro Kléver quase colocam em xeque a vitória rubro-negra

Postado em: 25-04-2018 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Time da casa consegue ser eficiente na frente, mas falhas do goleiro Kléver quase colocam em xeque a vitória rubro-negra

Luiz Felipe Mendes*

Continua após a publicidade

Jogo elétrico no Estádio Olímpico! Em confronto de cinco gols, válido pela terceira rodada do Brasileiro da Série B, o Dragão derrotou o Guarani por 3 a 2, com dois de João Paulo e um de Fernandes. O clube paulista descontou com Bruno Nazário e Anderson Ramon.

Com o resultado, os goianos engrenaram a segunda vitória na competição e garantiram, pelo menos por enquanto, a quinta colocação. O Guarani, por sua vez, ficou em 8º. Os dois voltam a campo somente no dia 5 de abril, num sábado. O time do Atlético pega o CRB no Estádio Rei Pelé, e o Bugre recebe a Ponte Preta no clássico do interior paulista, dentro do Estádio Brinco de Ouro.

O jogo

O começo do primeiro tempo não transcorreu da mesma maneira que o seu final. No início, foi o Guarani quem pressionou e criou as primeiras chances de perigo. Logo aos dois minutos de jogo, o atacante Caíque exigiu boa defesa de Kléver. Em menos de quinze minutos, os visitantes já haviam criado outras duas boas oportunidades, com Rondinelly e Ricardinho, e visto este primeiro aplicar um elástico humilhante em Alisson.

O Bugre se sentia em casa. O Estádio Olímpico parecia estar em Campinas (a cidade, não o setor), pois o Dragão não conseguia ameaçar. Entretanto, o futebol não é uma ciência exata. Aos 23, João Paulo pegou a sobra de uma cobrança de escanteio e chutou para balançar as redes e colocar o rubro-negro na frente. O gol desanimou o Guarani, e a situação piorou quando, aos 45, Fernandes recebeu ótimo passe de Rômulo e tirou do goleiro Bruno Brígido para fazer 2 a 0.

Na volta do intervalo, parecia que viria uma goleada. João Paulo aplicava bons dribles no meio de campo. O Atlético tocava bem a bola. Tudo melhorou ainda mais quando João Paulo pegou a tentativa errada de chute de Tito e ficou livre na área para ampliar. Tudo parecia controlado, até que cinco minutos depois o Guarani cruzou na área de forma despretensiosa e o arqueiro Kléver engoliu um frango histórico que deixou Bruno Nazário livre para diminuir.

Apenas três minutos depois, a defesa falhou, Kléver voltou a errar e o estreante Anselmo Ramon contou com desvio para fazer 3 a 2. A partida ficou mais aberta, e as duas equipes tentaram buscar o resultado. O embate ganhou tons mais do que dramáticos, mas o Atlético conseguiu se segurar, fazendo valer o mando de campo e conquistando a segunda vitória na Série B. 

Ficha técnica 

Atlético 3 x 2 Guarani 

Local: Estádio Serra Dourada, às 19h15, em Goiânia. Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ). Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Wendel de Paiva Gouvêa (RJ). Gols: João Paulo, aos 23’ do 1º tempo. Fernandes, aos 45’ do 1º tempo. João Paulo, aos 13’ do 2º tempo. Bruno Nazário, aos 17’ do 2º tempo. Anselmo Ramon, aos 20’ do 2º tempo. 

Atlético: Kléver; Bruno Santos, René, William Alves e Alisson; Rômulo, Bileu e Fernandes; João Paulo, Júlio César (Cristhyan) e Tito (Joanderson)

Técnico: Cláudio Tencati 

Guarani: Bruno Brígido; Kevin, Anderson Jesus, Philipe Maia e Lenon; Baraka, Denner, Ricardinho (Guilherme), Bruno Nazário e Rondinelly (Serafim); Caíque (Anselmo Ramon)

Técnico: Umberto Louzer 

Veja Também