Beleza digna de premiação

Postado em: 06-03-2016 às 06h00
Por: Sheyla Sousa
Maquiador de celebridades dá as dicas para uma maquiagem ao melhor estilo diva. Assunto é tema de curso que o profissional ministrará em abril na capital

A festa do cinema mundial é esperada anualmente por celebridades, atores e cinéfilos de plantão, ansiosos com o resultado dos ganhadores do Oscar. Para os me­ros mortais, em especial as mulheres, fica a expectativa em conferir os modelos glamurosos das famosas e as makes ao melhor estilo diva. Para quem babou, no último domingo, dia 28, pelas maquiagens das famosas e imaginou que aquela produção é algo inatingível, ótima notícia: Goiânia receberá um workshop de maquiagem inspirado nos tapetes vermelhos.

Segundo o maquiador paulista Henrique Mello, responsável pelo visual de conhecidas beldades, como a atriz e bailarina Cláudia Raia, a festa atrai tantos olhares dos fashionistas porque o tapete vermelho é conhecido por lançar novidades e tendências, seja na moda, nos cabelos ou nas maquiagens apresentadas.

     “A ‘make red carpet’ serve como norte para uma maquiagem festiva, que está globalizada”, avalia o maquiador. “Essa make é a nova maquiagem de festa. Toda garota e mulher que acompanha as novidades disponíveis nas redes sociais tem acesso ao que é tendência hoje. Ela querer ser divas nas festas e sentirem-se no seu próprio tapete vermelho,” acredita.

Para uma ‘make red carpet’, Henrique aposta em tons de marrons, nudes, ocres e cintilantes nos olhos. “Quando bem harmonizadas, essas cores trazem sofisticação à maquiagem, catapultando o look para ‘festa red carper’ naturalmente”, afirma, ressaltando que o uso de cílios postiços, delineadores e pigmentos nacarados (que refletem uma parte da luz e transmitem uma outra) também são curingas nesse estilo.

Sobre algumas dúvidas comuns entre as mulheres, de como combinar a cor da roupa e da maquiagem ou dar destaque aos olhos, suavizar a boca e vice-versa, o maquiador lembra que não existem regras definidas sobre ambas as situações. O segredo é considerar a personalidade da pessoa, as cores e os acessórios que serão usados e, sobretudo, ter equilíbrio. 

“Não há uma regra em combinar ou não a make com roupa, o profissional deve saber, sim, o que a pessoa usará para ter o cuidado de não destoar muito e a mulher virar um ‘car­naval’ de cores de roupa, joias, batom, bolsa e tom de cabelo, que é a moldura do rosto”, ele explica. E completa: “Deve haver equilíbrio, sem excessos de cores ou batom, que devem estar em harmonia com o tom da pele. Contudo, nada impede que uma mulher com personalidade forte e beleza bem traçada possa usar um olho trabalhado com um batom de cor também. Apenas deve haver esse cuidado com o equilíbrio e a harmonização de cores e tons.”

O assunto é tema do curso Make Red Carpet, que Henrique Mello ministrará no Goiânia Beauty Fair, nos dias 4 e 5 de abril, no Centro de Convenções. Henrique será um dos convidados de um circuito de maquiagem com rodízio dele e outros três maquiadores: Helder Marucci – estrela do instagram com mais de 250 mil seguidores –, Alessandro Alcântara e Silvana Machado – recém-chegada de Paris, onde realizou especialização em Visagismo em Maquiagem –, que se dividirão no palco em um modelo de evento inédito no Brasil, mas um sucesso nos EUA. 

No curso, Henrique apresentará aos profissionais a retromaquiagem, técnica que os americanos exploram com domínio em Hollywood. “Vou construir a beleza no meu curso, apresentando uma técnica que os americanos usam com propriedade nessas beldades do tapete vermelho, onde a maquiagem é construída de baixo para cima, em sobreposições de texturas para um efeito Blend, suave e misturado, sem marcas de aplicação de produtos. Dou destaque ao preparo da pele para que a make tenha durabilidade, mas, ao mesmo tempo, não vire uma ‘máscara’ que sobressaia aos traços e deixe transparecer a beleza natural da pessoa”, adianta o maquiador.

 

Compartilhe: